topo

Pesquisa para avaliar a gestão do Tribunal de Justiça: participe, servidor!

A Assojubs, Sintrajus e as demais entidades representativas dos servidores do Poder Judiciário elaboraram uma Pesquisa de Satisfação para avaliar a gestão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP).

Nesta última gestão do TJ-SP, as entidades de representantes dos servidores encontraram dificuldades para dialogar e negociar a extensa pauta de reivindicações. Muitas foram as tentativas de reunião com o presidente do TJ-SP, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças. Todas em vão.

É válido lembrar que no início desta gestão o presidente do TJ-SP garantiu que iria priorizar os servidores.  No entanto, foram os juízes contemplados com um reajuste de 16,38%, enquanto que para os servidores sequer houve reposição das perdas salariais já acumuladas em 16,83%.

Além disso, foi extinta a comissão de combate ao assédio moral e descaracterizada a Coordenadoria de Apoio aos Servidores (CAPS), que atualmente serve apenas para realizar palestras e seminários de autoajuda, provocando um aumento exponencial de práticas de assédio moral junto aos servidores, que ficaram sem esse canal de atendimento especializado.

Sendo assim, no sentido de avaliar a satisfação dos servidores do TJ-SP em relação à atual gestão e às iniciativas de valorização dos trabalhadores do Judiciário, as entidades solicitam a colaboração dos trabalhadores para o preenchimento da pesquisa que segue no link abaixo.  

A pesquisa ficará disponível até o dia 31 de agosto de 2019. Não esqueçam de responder e repassar esta pesquisa aos demais colegas do TJ-SP. 

Clique aqui para responder a pesquisa, servidor!