topo

Reunião da Frente Paulista em Defesa do Serviço Público

A Frente Paulista em Defesa do Serviço Público, com participação da Assojubs e do Sintrajus, esteve reunida na manhã desta segunda-feira, 18 de janeiro, de forma virtual, por aplicativo, e discutiu algumas ações contra os ataques do Governo do Estado ao funcionalismo e população e em defesa dos serviços públicos e pela vida.

A Frente Paulista em Defesa do Serviço Público é composta por mais de 80 entidades representativas dos servidores públicos de São Paulo, federações, confederações, centrais e movimentos sindicais.

PDL 22/20
A reunião contou com a presença do deputado Carlos Giannazi (PSOL), que informou que o Projeto de Decreto Legislativo 22/20 segue tramitando na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). Após o deputado Carlão Pignatari (PSDB) ter acrescentado uma emenda de plenário solicitando um estudo atuarial da SPPrev, o PDL voltou para as comissões no intuito de aceitar ou não tal emenda. Só poderá ter andamento a partir de 4 de fevereiro.

Audiência Pública
Foi pedido ao deputado Giannazi a realização de uma audiência pública, com possibilidade para os dias 11 ou 12 de fevereiro, visando debater acerca dos ataques promovidos pelo governo de João Dória (PSDB), como o  aumento da cobrança previdenciária dos servidores aposentados e pensionistas/Decreto nº 65.021, a retirada do passe livre aos idosos no transporte público da Capital, o aumento da cobrança do Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) e a retirada da gratuidade do IPVA para as Pessoas Com Deficiência (PCD).

Encaminhamentos e agenda
– Elaboração de Manifesto sobre a urgência e necessidade da vacina para todos, sem descuido com a campanha do isolamento social, a ser encaminhado à Assembleia Legislativa;

– Elaboração de Manifesto contra o assédio à Deputada Estadual Isa Penna (PSOL), com pedido de cassação do deputado Fernando Cury (Cidadania), a ser encaminhado à Assembleia Legislativa;

– 25/1, 10 horas, nova Reunião da Frente Paulista;

– 01/2, Dia Nacional de Luta pela vacina para todos, Contra a Reforma Administrativa, Contra as privatizações, Contra o Confisco dos aposentados e pensionistas;

– 1/2, Dia Nacional de Luta em São Paulo, concentração às 9h30 no Pacaembu, saída às 10 horas e encerramento na Assembleia Legislativa às 14 horas. Trajeto: Pacaembu, Consolação, Paulista, Vergueiro, Tribunal de Justiça (Sé), SPPrev (Rangel Pestana), 23 de Maio, Alesp (final);

– 04/2, cerimônia de início das atividades legislativas;

– 09/2, retomada das votações na Alesp;

– 11 ou 12/2, indicativo de Audiência Pública;

– 15/3, nova eleição da Mesa Diretora da Alesp.