1º de maio unificado na Baixada Santista

Definido durante a Assembleia Geral dos trabalhadores, em 26 de abril, e reiterado durante o encerramento da greve geral, ocorrida no dia 28 de abril, à entrada do Fórum da Justiça Estadual (escadaria), o 1º de maio na Baixada Santista se deu com um ato unificado na Praça das Bandeiras, no Gonzaga, em Santos.

Com concentração a partir das 10 horas, representantes da Assojubs e do Sintrajus, integrantes de diferentes categorias, movimentos sociais, trabalhadores e estudantes da região estiveram reunidos e reafirmando o compromisso de permanecerem na luta contra a retirada de direitos – muitos deles historicamente conquistados – imposta pelo governo de Michel Temer (PMDB), como o desmonte da Previdência, a reforma trabalhista e a terceirização total e irrestrita.

Fotos

Clique para ampliar

Fotos de Fabio Gomes Ribeiro, Camila Marques, Rosangela dos Santos e Lygia Pereira Mendes