28 DE OUTUBRO É DIA DO SERVIDOR PÚBLICO E DE LUTA: Com ato na Praça Mauá, em Santos, às 11 horas



Neste 28 de outubro, o Dia do Servidor Público, será mais um dia de luta. Em Santos, na Praça Mauá, a partir das 11 horas, servidores municipais, estaduais e federais da região realizarão um ato em defesa do serviço público e contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020, a PEC da Rachadinha, sobre a Reforma Administrativa do Governo Federal. O mesmo protesto também acontecerá em diversas cidades do país. Embora a promessa seja modernizar o serviço público, por meio dessa "reforma administrativa", a PEC 32/2020 é um retrocesso e tem outros objetivos. Dentre eles: 1) Trocar cargos públicos concursados por indicações políticas, inclusive com contratações temporárias; 2) Acabar com a estabilidade do servidor, única garantia para que desvios e irregularidades sejam denunciadas e apuradas; 3) Permitir a perseguição do servidor da ativa por governantes corruptos; 4) Privatizar o serviço público, transformando direito em mercadoria; 5) Facilitar a corrupção, com a contratação de empresas terceirizadas "amigas" de políticos para executar funções estratégicas do serviço público; E vale lembrar: não existe serviço público sem servidor. Com o fim dos concursos, como propõe a PEC 32/2020, a redução de profissionais e a terceirização serão inevitáveis. O resultado: aumento da demanda por planos de saúde, por escolas privadas, por assistência particular. Em um país como o Brasil, onde comprar carne e colocar comida na mesa virou "privilégio" de poucos, não precisamos de menos serviço público, precisamos de mais! Por isso, servidor da região, compareça ao ato e chame cada colega de trabalho à mobilização. E você, trabalhador que depende de educação, saúde e assistência social, apoie esta luta! Caso seja aprovada pelo Congresso, que ensaia a sua votação há meses, a PEC 32 significará o desmonte dos serviços públicos brasileiros.


Diga sim ao Serviço Público de qualidade! Diga não à Reforma Administrativa!