top of page

AÇÃO DA FRENTE PAULISTA: Representantes buscam apoio às demandas dos/as servidores/as na Alesp

A Frente Paulista em Defesa do Serviço Público, grupo de representantes do funcionalismo do qual a Assojubs e o Sintrajus fazem parte, esteve com uma comissão nesta terça, 20 de junho, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) em uma ação buscando apoio às demandas dos/as servidores/as.


REUNIÃO DO COLÉGIO DE LÍDERES / FOTO: ASSESSORIA DO DEPUTADO CARLOS GIANNAZI
ASSOJUBS, SINTRAJUS E SINDJESP NA LUTA PELA APROVAÇÃO DOS PLCS 30/13 E 03/18

E um grupo de judiciários/as participou da ação. Dirigentes de diversas entidades passaram o dia na Casa Legislativa e fizeram um trabalho conjunto, com mobilizações pelos corredores, oportunidade de fala no Colégio de Líderes, encontro semanal que reúne as lideranças partidárias da Casa, e idas aos gabinetes dos/as deputados/as para dialogar e pedir aprovação de projetos que sejam benéficos à categoria e ao serviço público em geral, funcionários/as e população.


A Assojubs, Sintrajus e Sindjesp estiveram presentes e entregaram materiais aos/as parlamentares e suas assessorias, explicando a importância de projetos, prontos para ordem do dia, serem colocados em pauta o quanto antes.


INTEGRANTES DA FRENTE PAULISTA EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO
A AÇÃO FOI EM BUSCA DE APOIO ÀS DEMANDAS DOS/AS SERVIDORES/AS

Além da manifestação no Colégio de Líderes, a Frente Paulista protocolou ofício em virtude da necessidade de revisão, e revogação, de projetos aprovados nos últimos governos que promoveram a retirada de direitos dos/as servidores/as, como a reforma previdenciária, o confisco das aposentadorias e pensões (que descontou vencimentos por dois anos e não propôs a devolução) e o fim das faltas abonadas.


Aos percorrer os gabinetes, os/as judiciários/as destacaram a aprovação de dois projetos:


- Projeto de Lei Complementar (PLC) 30/13, de autoria do próprio Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP), sobre a recomposição das perdas salarial em 10,55%, parcelado em 2% ao ano;


- Projeto de Lei Complementar (PLC) 03/18, que autoriza o Tribunal de Justiça a implementar o nível superior como exigência ao cargo de escrevente para os próximos concursos, corrigindo uma distorção, pois se exige nas provas de seleção matérias de nível superior, bem como para o cumprimento de suas atividades diárias.


DIA DE LUTA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO
DEPUTADO CARLOS GIANNAZI SEMPRE PRESENTE NAS BATALHAS DO FUNCIONALISMO

Em visita ao escritório do deputado Gerson Pessoa (Podemos), foi disponibilizado informes sobre os projetos aos assessores e reforçada a necessidade de apoio às mudanças na Lei Orgânica e subsídios para não prejudicar a categoria.


Também foram percorridos os gabinetes de Ana Perugini (PT), Vinicius Camarinha e Barros Munhoz (PSDB), Jorge Wilson - Xerife do Consumidor e Altair Morais (Republicanos), Delegado Olim (PP), Átila Jacomussi (Solidariedade), Dr. Elton (PSC), Carlos Cezar (PL), Paulo Correa Junior (PSD) e Caio França (PSB).

コメント


bottom of page