ASSOJUBS E AFPESP: Representantes das entidades reunidos nesta terça (22/3)



A Assojubs, representada por Sidnei Dalla Marta Fernandes (presidente) e Michel Iorio Gonçalves (tesoureiro), esteve na manhã desta terça, 22 de março, reunida com Artur Marques da Silva Filho, presidente da Afpesp (Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo) e desembargador aposentado, para falar sobre as demandas da categoria.


Como Arthur Marques esteve recentemente com Nelson Luiz Baeta Neves Filho, secretário de Orçamento e Gestão do Governo do Estado, a Assojubs buscou promover um diálogo com a Afpesp em relação à Campanha Salarial 2022 dos (das) judiciários (as), que estão em Estado de Greve e vão realizar a Assembleia Geral presencial nesta quarta (23/3).


Foram relatadas algumas das questões mais urgentes para os (as) servidores (as): a reposição salarial divulgada pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) abaixo da inflação acumulada nos últimos 12 meses, de 10,80% (dados do INPC/Índice Nacional de Preços ao Consumidor), a majoração de apenas R$ 34,00 no auxílio saúde (agora no valor de R$ 370,00) e a implementação do nível universitário como forma de valorização da carreira dos escreventes.


O presidente da Afpesp ficou atento às informações repassadas e afirmou que irá se inteirar acerca dos projetos de lei que tramitam na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) e são de interesse da categoria, entre eles o PLC 30/2013, que trata da recomposição de perdas inflacionárias de 10,55% nos vencimentos dos servidores, e o PLC 03/2018, que prevê a instituição de nível superior para o cargo de escrevente técnico judiciário, de autoria do deputado Carlos Giannazi (PSOL).