Assojubs e Sintrajus em apoio aos servidores de Cubatão; confira os vídeos dos ataques aos trabalhad

Michel Iorio Gonçalves, presidente da Assojubs e coordenador geral do Sintrajus, esteve na manhã desta quarta-feira, 29 de março, à entrada da Prefeitura Municipal de Cubatão em apoio aos servidores municipais que foram agredidos na tarde de ontem (28/3) ao iniciarem uma paralisação contra a reforma administrativa apresentada pelo prefeito Ademário Oliveira (PSDB).

Os servidores foram atacados pela Polícia Militar durante um protesto na tarde desta terça-feira antes da sessão na Câmara de Cubatão, que aprovou projetos de leis complementares, chamados pelos trabalhadores como “pacote de maldades”, pois reduz direitos consagrados dos funcionários e tem como objetivo criar fluxo de caixa para a contratação de cargos comissionados indicados por vereadores.

Diversos representantes de diferentes categorias do funcionalismo e da iniciativa privada estiveram no ato desta quarta-feira falando em unidade dos trabalhadores e chamando para as mobilizações que vão ocorrer na sexta-feira, 31 de março, na Baixada Santista e em 28 de abril, dia que o Brasil vai parar contra o desmonte da Previdência e contra as reformas trabalhista e a terceirização total e irrestrita, data em que está sendo convocada uma greve geral.

Foi distribuído um boletim elaborado pela Frente Sindical Classista da Baixada Santista, coletivo que conta com a participação da Assojubs e do Sintrajus, que fala sobre as reformas da Previdência e trabalhista.

Na sexta-feira (31) a Assojubs e o Sintrajus realizará panfletagens em frente aos fóruns das comarcas da Baixada Santista durante todo o dia. A entardecer, às 17 horas, ocorrerá a concentração em frente a Estação Cidadania (Av. Ana Costa com Francisco Glicério), em Santos, para, na sequência, sair em caminhada até a Praça da Independência, no Gonzaga.

Servidores, participem! Nenhum direito a menos!

Dia 31/3: mobilizações na Baixada Santista!

E dia 28/4: greve geral, vamos parar o Brasil!

Confira os vídeos sobre os ataques aos servidores municipais de Cubatão: