Assojubs e Sintrajus presentes à reunião da Comissão de Horas Credoras

Aconteceu na tarde desta terça-feira, 9 de agosto, no Palácio da Justiça, na Capital, uma reunião da Comissão de Horas Credoras, da qual a Assojubs e o Sintrajus, com Michel Iorio Gonçalves, presidente da associação e coordenador do sindicato, fazem parte.

DSCN0087

O foco da tratativa foi a viabilidade de disponibilizar ao servidor optar a forma de uso das horas credoras, em gozo ou pecúnia, assim como é permitido aos magistrados.

O presidente da Assojubs ressaltou que a concessão da indenização para o recebimento das horas credoras é uma “questão de isonomia, de direitos iguais, pois servidores e magistrados são funcionários públicos”.

DSCN0093

O representante também apresentou a demanda acerca dos plantões judiciários, cujos horários excedem aos limites impostos pelo Tribunal e não são pagos.

Além da Assojubs e do Sintrajus, participaram da discussão a Assojuris, Aojesp e Apatej. Pelo Tribunal, estiveram presentes Roberto Chiminazzo Jr. e Fernando Awensztern Pavlovsky, juízes assessores da área de recursos humanos da Presidência, Diva Helena Gatti da Mota Barreto, secretária de Gerenciamento de Recursos Humanos, e Maria de Fátima Ferreira, coordenadora do SGRH.