Atividade preparatória para a greve geral reúne servidores estaduais e da Justiça do Trabalho de São

Em uma atividade preparatória para a greve geral do dia 28, servidores do Judiciário Estadual e da Justiça do Trabalho da Comarca de São Vicente, com apoio e organização da Assojubs, Sintrajus e Sintrajud, que integram a Frente Sindical Classista da Baixada Santista, coletivo de entidades que desenvolvem a luta da classe trabalhadora na região, estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira, 20 de abril, à entrada dos fóruns.

O foco dos atos públicos foi contra o “pacote de maldades” apresentado pelo governo de Michel Temer (PMDB), que tem em seus projetos o desmonte da Previdência, a reforma trabalhista, a terceirização total e irrestrita e a desvalorização da Justiça do Trabalho.

Inicialmente, às 10h30, a mobilização foi em frente ao prédio central do Judiciário Paulista. Na sequência, às 11h30, os servidores do prédio da Família da Justiça Estadual juntaram-se aos do Fórum da Justiça do Trabalho prestando esclarecimentos sobre a retirada de direitos conquistados – muitos históricos – que ocorrerá com as reformas impostas por esse governo ilegítimo e fazendo o chamado para a paralisação de 28 de abril.

 “O momento agora é de unidade, de esclarecer ao restante das categorias que o que está acontecendo não é culpa nossa [trabalhador]”, explicou Michel Iorio Gonçalves, presidente da Assojubs e coordenador geral do Sintrajus, pois as informações divulgadas pelo governo na mídia relatam que esses projetos são necessários para voltar o crescimento do país, mas isso não é verdade. “Ou a gente dá uma virada de mesa no dia 28, com a paralisação, ou seremos engolidos pelas reformas”, reforçou.

“Devemos nos perguntar como podemos contribuir para que a sociedade à nossa volta também se conscientize do quanto essa reforma da previdência é nefasta? E a partir dessa pergunta devemos entrar para a ação, fazer com que os familiares e amigos entrem nessa discussão importante e imperiosa”, refletiu Claudia Damião, 1ª secretária da Assojubs e diretora do Sintrajus.

Presente também Eduardo Requejo, diretor social da Assojubs e membro do Sintrajus.

Dia 28 de abril: VAMOS PARAR O BRASIL! NENHUM DIREITO A MENOS!

Cronograma Dia 26/4: Assembleia Geral A partir das 19 horas, a Frente Sindical Classista da Baixada Santista, as centrais sindicais e demais sindicatos realizarão uma Assembleia Geral para discutir e definir os últimos detalhes da paralisação no auditório do Sindipetro-LP (Avenida Conselheiro Nébias, 248, Vila Mathias, Santos).

Dia 28/4: Vamos parar o Brasil! Por nenhum direito a menos! Contra o governo ilegítimo e seu golpe aos trabalhadores, contra o desmonte da Previdência, a reforma trabalhista e a terceirização total e irrestrita!

Outras Fotos:

Clique para ampliar