Comissão dos Oficiais de Justiça de Santos e Assojubs reúnem-se com o vereador Ademir Pestana sobre

Na tarde desta quinta-feira, 18 de agosto, a Comissão dos Oficiais de Justiça da Seção Administrativa de Distribuição de Mandados (SADM) de Santos e a diretora de Organização Política e Sindical da Assojubs, Catarina Lutfi Morgado, estiveram novamente reunidas com o vereador Ademir Pestana (PSDB) e sua equipe para acompanhar o andamento do processo da suspensão das credenciais dos servidores que permitem parar durante o cumprimento dos mandados nas áreas reservadas aos estacionamentos rotativos na Cidade.

E aliando esforços com outros setores, a convite da Comissão, as oficiais de justiça Adelaide, da Justiça do Trabalho, e Débora, da Justiça Federal, também participaram da reunião. Tudo para aumentar o coro em torno da demanda.

Inclusive, os oficiais da Justiça Federal conseguiram suas credenciais referentes a 2016 porque solicitaram em dezembro do ano passado e as receberam logo no início deste ano, mas sabem que a partir de janeiro de 2017 estarão sem credenciais, e se uniram aos oficiais do Judiciário Paulista nessa luta.

O vereador informou que por problemas de agenda do prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), não tem conseguido se reunir com ele, mas ressaltou que nesta sexta-feira (19/8) haverá uma reunião agendada e as credenciais estarão como prioridade na pauta.

A ideia é resolver em definitivo o problema das credenciais, por isso a proposta de um Projeto de Lei que garantiria esse direito aos oficiais de justiça, sem depender da boa vontade da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) a cada ano.

No entanto, como a necessidade das credenciais é imediata, a Comissão sugeriu ao vereador que buscasse, em caráter provisório e emergencial, a liberação das credenciais que já estão prontas, mas ficaram retidas na CET este ano, enquanto é feita a continuidade ao processo de aprovação da lei.

A Comissão caminha para tentar solucionar o problema das credenciais da melhor forma possível para todos. A força e a união são necessárias para os próximos passos!