Em reunião da Frente Paulista, Audiência Pública na Alesp em Defesa do Serviço Público é confirmada

🔊 Clique para ouvir o texto

Na reunião da Frente Paulista desta segunda-feira (5/4), foi confirmada pelo deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL) a realização da Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) em Defesa do Serviço Público no dia 16 de abril, às 17 horas.

A Audiência Pública, que terá transmissão pela Rede Alesp, de acordo com o parlamentar, é mais um instrumento de cobrança e tem o intuito de ampliar a visibilidade em relação à luta dos servidores, como a aprovação do Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 22/2020, que anula os efeitos do Decreto nº 65.021, do governador João Dória (PSDB), e instituiu o aumento da cobrança previdenciária dos servidores aposentados e pensionistas, e a majoração da cobrança do Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) nos vencimentos do funcionalismo.

A Frente Paulista em Defesa do Serviço Público é composta por mais de 80 entidades representativas dos servidores públicos de São Paulo, federações, confederações, centrais e movimentos sindicais, entre elas a Assojubs e o Sintrajus.

Twittaços e envio de e-mais Como as atividades na Alesp seguem de forma virtual, a pressão junto aos deputados deve continuar com a realização de twittaços e o envio de e-mails pelos servidores cobrando sobre a votação do PDL 22/2020.

Audiência Pública em Defesa do Serviço Público A Audiência Pública será realizada de forma virtual, com transmissão pela Rede Alesp, no dia 16 de abril, a partir das 17 horas.

Calendário de lutas 7/4, das 12 às 14 horas – Esquenta para a Assembleia Geral dos Judiciários (17/4) com a Sala Virtual da Campanha Salarial 2021!; 7/4 – Dia Mundial da Saúde; 8/4, às 18 horas – Reunião do Comitê Fora Bolsonaro/SP; 16/4, às 17 horas – Audiência Pública na Alesp em Defesa do Serviço Público; 17/4, às 10 horas – Assembleia Geral dos Judiciários/SP; 1/5 – Dia Internacional de Lutas dos Trabalhadores.