FESPESP ENCAMINHA OFÍCIO AO TJSP: É prematuro e inseguro a volta ao trabalho presencial

EXMO. DESEMBARGADOR DR. GERALDO FRANCISCO PINHEIRO FRANCO MD PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

Ofício nº 24/2021 -FESPESP

A FESPESP – Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo e o conjunto das entidades representativas dos servidores do Poder Judiciário, abaixo relacionadas, vêm à presença de V.Exa. para lembrar que através do ofício nº12/2020, datado de, 24 de julho de 2020 foi comunicado que, em Assembleia Geral os servidores do Tribunal de Justiça decidiram entrar em greve sanitária e ambiental, contra a volta ao trabalho presencial, pelas razões que seguem.

Essa decisão foi tomada depois de horas de debate e pela constatação do avanço do covid-19 no Estado de São Paulo, com várias cidades no pico da doença e com o sistema de saúde em colapso.

Mesmo na Capital do Estado, Comarca de São Paulo, apesar da manutenção dos casos em linha constante, estamos distantes de uma diminuição de casos, mantida a gravidade, especialmente com a abertura determinada pelo Governo do Estado.

Apesar dos cuidados anunciados por Vossa Excelência, os servidores se sentem inseguros e diríamos até mesmo aterrorizados com a possibilidade de contaminação durante a trabalho presencial, haja vista que o deslocamento para o local de trabalho significa risco iminente de contaminação dos servidores e de seus familiares e que, mesmo assintomáticos poderão estar infectando os que estão a sua volta e o número de servidores que faleceram em decorrência do Covid 19.

Entendemos que não é hora da volta ao trabalho presencial que deveria ter seu prazo estendido e com segurança, sem o que, ficaria o maior Tribunal de Justiça da América Latina, responsável por uma ampliação da pandemia com risco de vida dos Servidores e de suas famílias.

Com a certeza da compreensão de Vossa Excelência ficamos a disposição e agrademos a atenção.

São Paulo, 13 de maio de 2021.