FRENTE PAULISTA EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO: Candidato Gabriel Colombo participa da reunião semanal

A reunião semanal da Frente Paulista Em Defesa do Serviço Público, realizada na manhã desta segunda, 19 de setembro, teve a participação de Gabriel Colombo, candidato ao Governo do Estado (PCB), no intuito de abordar alguns temas relacionados ao funcionalismo.


GABRIEL COLOMBO, CANDIDATO AO GOVERNO DO ESTADO

A Frente Paulista Em Defesa do Serviço Público é formada por mais de 80 entidades representativas dos/as servidores/as públicos de São Paulo, federações, confederações, centrais e movimentos sindicais, entre elas a Assojubs e o Sintrajus.


Em sua manifestação, Colombo citou o legado dos 28 anos de governo do PSDB, um laboratório das políticas neoliberais, em que a maior vítima foi o serviço público, que sofreu com a terceirização e precarização das atividades em muitos setores. Além disso, os ataques ao funcionalismo resultaram em retiradas de direitos que vieram com as reformas previdenciária e administrativa estadual.


REUNIÃO SEMANAL DE FRENTE PAULISTA EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO

O candidato reafirmou durante a reunião o compromisso com a classe trabalhadora. Em seus projetos para o funcionalismo estão a abertura de concursos para a expansão do serviço público em todo o Estado e a revogação do Decreto 65.021/2020, que declarou o déficit atuarial do Regime Próprio de Previdência do Estado e criou a incidência de uma alíquota previdenciária sobre os vencimentos dos/as aposentados/as e pensionistas.


A discussão também contou com a presença do deputado Carlos Giannazi (PSOL), autor do Projeto de Decreto Legislativo 22/2020, que tem total apoio do candidato ao Governo do Estado.


O PDL está pronto para ser votado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), dispõe de parecer favorável em todas as comissões pertinentes e não possui nenhum óbice para avançar.