Judiciários participam do Dia Nacional de Luta contra as reformas da Previdência e Trabalhista

Nesta quarta-feira, 15 de março, Dia Nacional de Luta contra as reformas da Previdência e Trabalhista, servidores do judiciário participaram de atividades pela Baixada Santista em frente aos fóruns durante o horário da tratativa entre a Assojubs, Sintrajus e demais entidades representativas da categoria e o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascareti, discussão que não apresentou o índice de reposição da inflação (2016-2017).

Em Santos, à entrada do Palácio da Justiça, os servidores juntamente com outras categorias de trabalhadores, como os funcionários da Justiça Federal e bancários, cujos representantes, assim como Assojubs e Sintrajus, integram a Frente Sindical Classista da Baixada Santista. Após a mobilização em frente ao prédio, saíram em passeata até a Praça Mauá e engrossaram o coro das manifestações realizadas na escadaria da Prefeitura Municipal contrárias aos ataques impostos pelo governo de Michel Temer (PMDB).

Em São Vicente e Cubatão os servidores fecharam a rua em que o Fórum da Comarca está localizado e, na sequência, caminharam pelas ruas próximas em protesto contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287/2016, sobre a reforma da Previdência.

Nas comarcas de Praia Grande, Mongaguá e Cananéia também ocorreram mobilizações. E no Fórum Criminal da Barra Funda os servidores igualmente se reuniram pelo Dia Nacional de Luta contra as reformas da Previdência e Trabalhista.

Antes de seguir para São Paulo e participar da tratativa com a Presidência do TJ, a Assojubs e o Sintrajus, representados por Michel Iorio e Regina Helena Assis, estiveram em um ato nos portões da Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão (RPBC) em apoio ao atraso dos funcionários, a primeira atividade do Dia Nacional de Luta contra as reformas da Previdência e Trabalhista.

E ao fim do dia, os integrantes da Frente Sindical Classista montaram um acampamento em frente ao edifício onde reside o deputado federal João Paulo Tavares Papa (PSDB), em Santos, para pedir que ele não aprove a PEC 287/2016, o desmonte da Previdência que acaba com a aposentadoria dos trabalhadores.

Outras fotos Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão (RPBC) – 7 horas

Santos – 10 às 12 horas

São Vicente – 11 às 12 horas

Cubatão

Praia Grande e Mongaguá

Cananéia

São Paulo – Barra Funda

Acampamento