NÚCLEO DE APOSENTADOS/AS DA ASSOJUBS É REATIVADO: Reunião de 9 de junho

Na tarde desta quinta, 9 de junho, foi dado o primeiro passo para a reativação do Núcleo de Aposentados/as da Assojubs! Os/as associados/as estiveram reunidos, de forma presencial, na Cantina da associação, e virtual, debatendo essa retomada do grupo.


NÚCLEO DE APOSENTADOS/AS AO FINAL DA REUNIÃO

Coral Assojubs Com a participação de Mário Sergio Soares, que foi regente do Coral Assojubs, o retorno da atividade foi abordado. A proposta é voltar com os ensaios, fazer um cronograma e estender o convite a todos/as associados/as no intuito de ampliar a o grupo.


O canto coral traz alguns benefícios: estimula o espírito em equipe, reduz sintomas como ansiedade e estresse e beneficia o sistema imunológico.


Sugestões A Assojubs solicitou aos/as aposentados/as para que enviem à entidade propostas de passeios e sugestões de atividades que possam ser colocadas em prática.


SIDNEI DALLA MARTA FERNANDES, PRESIDENTE DA ASSOJUBS

PDL 22/2020

A reunião do Núcleo de Aposentados/as também teve a participação do deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL), autor do Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 22/2020, que anula os efeitos do Decreto 65.021, sobre a contribuição previdenciária dos aposentados/as e pensionistas passou a incidir sobre o valor dos vencimentos que excedem o salário mínimo vigente.


O PDL já passou por todas as comissões na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). Agora, o projeto precisa ser pautado para a ordem do dia e aprovado em Plenário, uma batalha que depende de total pressão tanto interna, com a cobrança junto aos/as deputados/as, como externa, das mobilizações dos/as aposentados/as.


DEPUTADO CARLOS GIANNAZI, AUTOR DO PDL 22/2020

Giannazi explicou que é uma votação simples. Dos/as 94 deputados/as, é preciso um quórum de 48 e aprovação de 25 parlamentares. Há ainda uma briga no Supremo Tribunal Federal para anular e revogar partes da Reforma da Previdência, pois o Governo de São Paulo usa dos artigos da Emenda Constitucional 103/2019 para seguir com o confisco.


O deputado citou os casos de Sergipe e Alagoas, que aprovaram o fim do desconto nas aposentadorias e pensões. E se esses estados, que possuem um orçamento pequeno, suspenderam, qual o motivo de São Paulo, o Estado mais rico da Federação, não ter revogado o decreto? E encerrou dizendo que esse exemplo deve servir para ter esperança dessa conquista.


Um vídeo enviado pelo coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário de Sergipe (Sindijus), Jones Manoel Ribeiro da Silva, foi passado aos presentes.


MARIANA PECCI, SECRETÁRIA DA ASSOJUBS

Campanha Salarial

Os informes e um histórico da Campanha Salarial 2022 foram apresentados, lembrando que somente com a pressão da categoria é que o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) recebeu as entidades representativas em um encontro virtual.


E a organização e luta continuam! É fundamental que os/as servidores/as sigam em alerta, por isso duas atividades já estão marcadas: A Assembleia Regional Virtual, que será realizada em 22 de junho, às 18h30, no intuito de fazer um balanço da Campanha Salarial e reunir propostas a serem encaminhadas à Assembleia Geral, que ocorrerá na sequência, em 25 de junho, às 10 horas.


É necessária a permanência da mobilização! O autoritarismo e desrespeito da atual gestão do TJSP para com os servidores não passarão impunes!


Galeria de Fotos