No Guarujá, Assembleia é realizada no Fórum da Enseada; no prédio de Pitangueiras, Assojubs e Sintra

A fina chuva que caiu na tarde de sexta-feira, 1 de julho, não limitou os servidores da Comaca do Guarujá para que marcassem presença na Assembleia Regional realizada à entrada do prédio da Enseada, mobilização inicial de uma série discussões pelos fóruns da Baixada Santista promovida pela Assojubs em conjunto com o Sintrajus.


1.7_assembleia_regional_guaruja2

Michel Iorio Gonçalves, presidente da Assojubs e coordenador geral do Sintrajus, que conduziu a Assembleia, ressaltou que as cobranças por parte das entidades representativas dos servidores ao TJ são contínuas, tanto que nas reuniões, além do complemento de 4% da defasagem salarial devida pelo Órgão, não são esquecidos a valorização dos escreventes, a extensão da transformação dos agentes em escreventes e a majoração do auxílio saúde para R$ 500,00.

1.7_assembleia_regional_guaruja

O presidente da Assojubs destacou que as diversas categorias de trabalhadores tiveram uma reposição em torno de 10%, apenas os judiciários receberam na data-base um percentual menor. O dirigente lembrou que o TJ também não pagou a progressão, apesar dos servidores terem sido avaliados, no ano passado e é provável que este ano não quite igualmente o débito, que chegará a 3%.

Gonçalves frisou que a Assembleia é uma forma do Tribunal ver que a categoria está insatisfeita: “Nós, como representantes, vamos fazer tudo que for possível para evoluir nos debates com o TJ, mas não conseguiremos sem a o respaldo de vocês. Por isso, não esmoreçam, vamos seguir na luta”.

Gonçalves contou com o apoio de Regina Assis, secretária geral da Assojubs, e Gisele Alonso, iretora de Convênios da associação e secretária geral do Sintrajus. Após a Assembleia, os representantes passaram no Fórum de Pitangueiras e percorreram as unidades cartorárias prestando esclarecimentos e anotando as colocações feitas pelos servidores.

1.7_assembleia_regional_guaruja3

As Comissões de trabalho são 11 e a Assojubs/Sintrajus está em todas as discussões: Instituto da Remoção, Plano de Cargos e Carreiras e Instituto da Progressão, Insalubridade, Área da Saúde, Transformação dos Agentes, Nível Universitário Para os Escreventes, Orçamento e Finanças (implantação do Nível Universitário para os oficias de justiça e reenquadramento da gratificação dos assistentes sociais e psicólogos), Assédio Moral, Horas Credoras, Adicional de Qualificação e Orçamento de Priorização do Primeiro Grau.