Trabalho das entidades dá resultado e TJ apresenta índice de reposição e majoração dos auxílios

Deu resultado o trabalho de pressão das entidades representativas da categoria, entre elas a Assojubs e o Sintrajus, que cobrou do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo a definição sobre a data-base dos servidores. Reunidos na segunda-feira, 3 de abril, os dirigentes protocolaram um ofício junto ao TJ-SP requerendo uma resposta sobre o índice de reposição salarial do período (2016-2017) e solicitando reunião urgente com a Presidência. Em 24 horas foi apresentado o percentual e a majoração dos auxílios saúde e alimentação.

A informação chegou aos servidores por meio de correspondência eletrônica enviada pela assessoria de Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, presidente do Órgão, no fim da tarde desta terça-feira, 4 de abril. O desembargador divulgou o pagamento de 5,2% (4,7% referente ao INPC de março/2016 a fevereiro/2017 e 0,5% do complemento da reposição salarial do ano passado), a ser creditado nos vencimentos de maio.

Além da data-base, o TJ-SP vai majorar os auxílios: alimentação para R$ 45,00 por dia, o saúde para R$ 330,00 ao mês e o creche-escola para R$ 423,00 ao mês.

Essa resposta rápida do Tribunal de Justiça mostra que somente com luta é que as conquistas aparecem. E o caminho é em conjunto, um trabalho que os representantes desenvolvem juntamente com a participação dos servidores. Desistir jamais! Continuar para avançar!

A batalha agora é no dia 28 de abril com a paralisação contra o desmonte da Previdência, a reforma trabalhista e a terceirização total e irrestrita.

Cronograma 6 de abril – mobilizações nas comarcas de Guarujá e Bertioga 10 de abril – mobilização no Fórum João Mendes 19 de abril – mobilização no Fórum da Barra Funda 28 de abril – paralisação de 24 horas e atos regionais 5 de maio – Assembleia Estadual

Expediente protocolado