Tratativas com o TJ: Assojubs e Sintrajus em reuniões sobre Assédio Moral e Comitê da Remoção

A Assojubs e o Sintrajus estiveram nesta quinta-feira, 19 de maio, na Capital para tratativas com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP). Juntamente com as demais entidades representativas da categoria, participaram das discussões sobre assédio moral e do Comitê do Processo de Remoção 2016.

Luiz Milito, vice-presidente da Assojubs, Regina Assis, secretária geral da Assojubs, e Adelson Pereira Gaspar, tesoureiro da Assojubs e do Sintrajus, marcaram presença na reunião com o chefe da Coordenadoria de Apoio aos Servidores do Tribunal de Justiça (Caps), desembargador Antonio Carlos Malheiros, em que se debateu a regulamentação de uma Comissão Paritária para cuidar dos casos de assédio moral e que se instituam políticas de combate à prática.

Ficou definido que Malheiros vai estudar a proposta da criação da Comissão Processante e, assim que for formalizada a Comissão de Assédio Moral, apresentará uma proposta de sistemática, inicialmente com reuniões mensais, e tentar aumentar os participantes pelo TJ, buscando juízes sensíveis ao assunto, para compor a paridade.

Presentes à discussão ainda a Apatej, Assojuris, Aojesp, AASPTJ-SP, Sindjesp e Comissão Geral de Oficiais de Justiça (CGOJ).Foto: Renan Roque/Assojuris

Michel Iorio Gonçalves, presidente da Assojubs e coordenador geral do Sintrajus, participou da reunião do Comitê de Remoção, que tratou de dar continuidade à análise de propostas para implementação do Processo deste ano. O próximo encontro está marcado para 2 de junho.

Presentes também membros da Assetj, Apatej, Affocos, Assojuris e AASPTJ-SP. Pelo Tribunal, Tarcísio dos Santos, secretário da Área da Saúde, Fernando Awensztern Pavlovsk juiz assessor da Presidência, Lilian Salvador Paula, secretária de Planejamento de Recursos Humanos, Pedro Cristóvão Pinto, secretário da Primeira Instância, e Solange Moreira Rocha, coordenadora da CPRH 1.