Unidade entre as categorias para a construção da paralisação de 28 de abril!

Uma reunião ampliada da Frente Sindical Classista da Baixada Santista, com a participação de mais de 100 trabalhadores, entre eles Michel Iorio Gonçalves, presidente da Assojubs e coordenador geral do Sintrajus, aconteceu na manhã desta quarta-feira, 5 de abril, no Sindipetro-LP, em Santos, para discutir a construção da paralisação do dia 28 de abril na região.

A unidade entre as categorias para lutar contra os ataques do governo de Michel Temer (PMDB) aos trabalhadores, principalmente no que diz respeito ao desmonte da Previdência, a reforma trabalhista e a terceirização total e irrestrita, foi o foco do debate que além do judiciário estadual, com Michel Iorio Gonçalves, e dos petroleiros, contou com a presença de representantes das centrais sindicais, dos metalúrgicos, bancários, servidores municipais, advogados, correios, portuários, ferroviários, rodoviários, comerciários, saúde, ramo hoteleiro, urbanitários, químicos, auditores fiscais.

Foto: Imprensa Sindipetro-LP


Duas reuniões, em continuidade à construção da paralisação, já estão marcadas para 11 e 12 de abril, às 10 horas, também no Sindipetro-LP.

Abril é um mês de batalha. E a campanha de conscientização para integrar os judiciários à luta geral já começou. É fundamental a paralisação do dia 28 por NENHUM DIREITO A MENOS!

Cronograma 6 de abril – mobilizações nas comarcas de Guarujá e Bertioga 10 de abril – mobilização no Fórum João Mendes 19 de abril – mobilização no Fórum da Barra Funda 28 de abril – paralisação de 24 horas e atos regionais 5 de maio – Assembleia Estadual

Com informações do Sindipetro-LP