Semana da Mulher Assojubs: Personalidades femininas


ūüĒä Clique para ouvir o texto

Maria da Penha

Maria da Penha Maia Fernandes √© uma farmac√™utica bioqu√≠mica v√≠tima emblem√°tica da viol√™ncia contra a mulher no Brasil. Ap√≥s ter uma vida conjugal marcada por agress√Ķes e sobreviver a duas tentativas de homic√≠dio por parte do ex-marido, no qual uma delas a deixou parapl√©gica, seu ativismo e luta em busca de justi√ßa resultou na cria√ß√£o da Lei 11.340/06, sancionada pelo ent√£o presidente Luiz In√°cio Lula da Silva.

Nascida em Fortaleza, Ceará, no dia 1 de fevereiro de 1945, conheceu seu ex-marido, o colombiano radicado no Brasil Marco Antonio Heredia Viveros, na Universidade de São Paulo. Era 1974 e ela fazia mestrado em Farmácia, enquanto ele cursava a pós-graduação em Economia.

O casamento de Maria da Penha e Marco Antonio foi em 1976. Ao t√©rmino dos estudos, se mudaram para Fortaleza e tiveram tr√™s filhas. As agress√Ķes come√ßaram quando ele conseguiu a cidadania brasileira e se estabilizou profissionalmente.

Em 1983, o então marido, forjou um assalto. Enquanto dormia, Maria da Penha foi atingida por um tiro nas costas, o que levou a perder os movimentos da perna. Após meses de tratamento e diversas cirurgias, voltou para casa, de cadeira de rodas. Passados 15 dias de cárcere privado, Marco Antonio fez uma nova tentativa de assassinato ao tentar eletrocutá-la durante o banho.

Ela iniciou um processo judicial para punir seu agressor. Oito anos depois é que houve o primeiro julgamento (1991), seu ex-marido foi condenado a 15 anos de prisão, mas pode recorrer em liberdade. No segundo julgamento (1996) a pena caiu para 10 anos e 6 meses de reclusão e a defesa conseguiu a anulação.

Maria da Penha conseguiu que o seu caso tivesse repercussão internacional. Em 2001 condenou o Estado Brasileiro por negligência e por ter se silenciado no seu caso. Ela é a fundadora do Instituto Maria da Penha, que luta contra a violência doméstica à mulher.

Popularmente conhecida como Lei Maria da Penha, a Lei 11.340/06 é uma importante ferramenta legislativa no combate à violência doméstica e familiar contra mulheres no Brasil.